Corpus Christi – Corpus Domini

 

A festa em que a Igreja Catolica Apostólica Romana celebra a presença real de Jesus Cristo na Eucaristia,  sendo o único dia do ano que o Santíssimo Sacramento sai em procissão pelas ruas.

A expressão Corpus Christi tem origem latina é significa, Corpo de Cristo!

Também conhecida como Corpus Domini, surgiu em meados do Século XIII em Liége,  Bélgica, lugar este que traz a marca de algumas inserções, como o uso do sino na elevação da Eucaristia, exposição e Benção com o Santíssimo.

Toda esta ação revolucionaria vem por intermedio de Santa Juliana de Mont Cornillon (+1258), que em visão Jesus lhe pedia uma liturgia em honra a Sagrada Eucaristia.

Dois episódios marcaram a oficialização desta festa para igreja, foram eles:

Diante dos fatos instaurado os atos probatórios de tal presença Real de Cristo o Papa Urbano IV ordenou ao Bispo Giacomo que levasse em procissão de Bolsena a Orvieto  “o Corpo e sangue de Cristo”, no encontro do Santo Padre com a procissão este pronunciou a seguintes palavras “Corpus Christi”, o que veio dar veracidade as visões de Santa Juliana.

Como resultado deste encontro e a comprovação da presença de Cristo, o Papa Urbano IV aprovou a bula “Transiturus de mundo”, prescrevendo que na quinta-feira após a oitava de Pentecostes, fosse oficialmente celebrada a festa em Honra ao Corpo de Cristo, e contou esta festa com a composição feita por São Tomas de Aquino para a celebração desta liturgia.

Seguindo trajetória de uma experiência regional esta solenidade adquire através da ação do Papa Clemente V, que confirmou a Bula de Urbano IV, e no Concílio Geral de Viena deu a esta festa o dever canônico de ser celebrada mundialmente, posteriormente o Papa João XXII  a estendeu para toda a Igreja, O Concílio de Trento Declarou que este excelso e venerável sacramento seja levado em procissão pelas ruas e lugares públicos, proclamando a gloria e a ressureição de Cristo o Senhor nosso e concedendo a quem celebrar ou participar dos ofícios deste dia as Indulgências

A Festa do Corpus Christi é também conhecida no calendário Sirios, Armênios, Coptos, Mesquitas, Rutínios da Galacia, Calabria e Sicília.

Em muitos lugares se criou o costume de enfeitar as casas, ruas e praças com flores, as vias com tapetes ornamentados em honra ao Rei dos Reis que passa e não mais é acolhido como em Jerusalém a vista do domingo de Ramos, prestes a ser crucificado mas sim o recebemos de forma gloriosa no Santíssimo Sacramento.

No Brasil a tradição de celebrar com os tapetes enfeitados por elementos naturais vem dos Portugueses da região de Açores, que acostumados com as pompas da coroa Portuguesa inserem estes costumes à esta procissão que se viu enriquecida pelos hábitos do Barroco Português, cheio de cores, enfeites e arte.

 

Outros Milagres Eucarísticos